Galeria

Suruís.com

Índios Suruís estão para firmar uma pareceria com o Google. Eles irão repassar informações sobre seus costumes e língua para a multinacional do mundo virtual incluir em seu site de buscas. Em troca receberão o direito de monitorar em tempo real a situação de seu território pelo site de visualização de imagens de satélite Google Earth. A tribo que irá participar da experiência possuí 1,2 mil habitantes, e está localizada no município de Cacoal, em Rondônia.

O cacique Almir Suruí visitou este ano a sede do Google, e alertou que apesar da parceria não irá disponibilizar na web informações sobre a utilização de ervas medicinais. A iniciativa irá ajudar os índios a fiscalizarem seu território. A área faz parte de um cobiçado mosaico de Terras indígenas freqüentemente saqueado por invasores em busca de madeira. As imagens de alta definição somadas as informações repassadas pelos índios, irão permitir que a tribo divulgue sua cultura por todo o mundo.

Mas a idéia está gerando polêmica entre ONGs que trabalham com índios e Amazônia. Será que os índios não podem decidir o próprio destino?

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s