Galeria

Eles fumaram na floresta

A mineradora Vale do Rio Doce pode ser condenada a criar uma reserva florestal no Pará. Funcionários da empresa são acusados de terem provocado um incêndio na Floresta Nacional de Carajás. O Ministério Público Federal (MPF) acusa a equipe de fumar no acampamento durante um levantamento topográfico. Para compensar os danos ambientais, o MPF moveu uma ação civil pública contra a Vale do Rio Doce e a empresa de consultoria Geoexplore. Se forem condenadas elas vão ter que criar uma reserva de 584 hectares no Sudoeste do Estado e pagar uma multa. As companhias deveriam seguir o exemplo dos cafés de Paris, e proibir o cigarro durante os trabalhos de campo de seus funcionários.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s